Acesso para usuários internos
Home Laboratório Análises Clientes Pesquisa Contato

Periódicos

Scientia Forestalis
Biomassa de povoamento de Acacia mearnsii De Wild., Rio Grande do Sul, Brasil
Marcos V. W. Caldeira, Fabio L. F. Saidelles, Mauro V. Schumacher, Tiago G. de Oliveira
39
90
133 - 141
2011
Resumo O objetivo deste estudo foi estimar a biomassa da parte aérea e raízes, bem como, analisar a eficiência do uso de equações para estimar a biomassa dos componentes das árvores de Acacia mearnsii com quatro anos de idade. A biomassa total das árvores com quatro anos de idade foi de 72,91 Mg ha-1, distribuída 64% na madeira, 11% nas raízes, 10% na casca, 7% nos galhos vivos, 5% nos galhos mortos e 3% nas folhas. Foi observado também que não houve tendência de aumento ou redução da contribuição da biomassa total (parte aérea e raízes) com a mudança da classe diamétrica. É possível estimar com êxito a biomassa de raízes com base em dados simples como DAP e altura. 
Universidade Federal de Santa Maria
Departamento de Ciências Florestais
Laboratório de Ecologia Florestal
Prédio 44, CCR-UFSM, Sala 5268 - Fone: (55) 3220 8641 - CEP: 97105-900
Responsável: Prof. Tit.Dr.nat.techn. Mauro Valdir Schumacher